MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - Assis Chateaubriand
- | A | +

Estantes do Acervo

A Biblioteca e Centro de Documentação do MASP formada pela Biblioteca de História da Arte, pelos arquivos: Histórico Documental, Histórico Fotográfico, pela Documentação Iconográfica (cartazes, calendários, fitas de vídeo, CD-ROM) e pela Documentação de Referência (dossiês sobre a vida e obra de artistas nacionais e estrangeiros), é a principal fonte de pesquisa para o estudo das artes na cidade de São Paulo

 

 

BIBLIOTECA DE HISTÓRIA DA ARTE

O valioso acervo especializado em artes plásticas, arquitetura, história da arte, design, fotografia e eventos afins é constituído por aproximadamente 65.000 volumes entre livros, livros raros, catálogos de exposições, teses, periódicos e boletins de museus.

Livros e catálogos

O acervo de livros e catálogos é composto por aproximadamente 45.000 volumes. Deste total, 23.290 itens estão catalogados e registrados no Catálogo Online, disponível para consulta aqui

Revistas e Boletins

O Cruzeiro, n.1, 1928

O acervo de revistas e boletins é composto aproximadamente de 20.000 volumes. Entre as revistas brasileiras e estrangeiras que fazem parte do acervo da biblioteca podemos citar: a coleção completa da revista “O Cruzeiro”, Habitat, Mirante das Artes, Senhor, Domus, Paragone, Casabella, Gazette des Beaux Arts, L’ Architecture d’Aujourd’hui.
Obras raras

Entre 2005 e 2006, o acervo de obras raras foi organizado por meio de um projeto financiado pela Vitae, incluindo o processamento técnico e a preservação das obras. Entre os livros raros encontramse preciosidades como:


"Le Fabbriche e I Disegni di Andrea Palladio", de 1796



"Trattato della Pittura di Leonardo da Vinci", de 1792



"Vita Del Cavaliere Gio. Lorenzo Bernino", de 1682



"Ragionamenti Del Sig. Cavaliere Giorgio Vasari", de 1588

O acesso à essas obras é restrito, sendo necessária uma solicitação de consulta por escrito à Biblioteca. As obras raras estão cadastradas no Catálogo online.

Atualização do Acervo

Este acervo de especial importância para as artes vem se desenvolvendo através de doações e do intercâmbio de publicações mantido com instituições congêneres nacionais e estrangeiras, entre as quais podem ser citadas: Museu de Arte Moderna de São Paulo, Pinacoteca do Estado - São Paulo, Itaú Cultural, Museu de Arte Moderna da Bahia, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli, Fondation Pierre Gianadda (Suiça), Fondazione Mazzotta (Itália), The Dayton Art Institute (EUA), The Detroit Institute of Arts (EUA), National Gallery of Art (EUA), Yokohama City Art Museum (Japão), Kunstmuseum Wofsburg (Alemanha).

Nos últimos anos a Biblioteca e Centro de Documentação cresceu em média 12% por ano, considerando os volumes recebidos entre livros, catálogos e periódicos.

Centro de documentação

Centro de Documentação

Além do acervo bibliográfico, uma das particularidades da Biblioteca e Centro de Documentação é a existência de documentação iconográfica constituída de posters, fotografias, calendários, fitas vídeo, CD-ROMs e de dossiês sobre a vida e obra de artistas nacionais e estrangeiros.
Arquivo

Arquivo Histórico Documental

O Arquivo Histórico-documental e o Arquivo Históricofotográfico foram incorporados à Biblioteca e Centro de Documentação do MASP na década de 1990, visando melhor conservação e organização, e também facilitar seu acesso para o pesquisador. O Arquivo Histórico-documental inclui os arquivos Assis Chateaubriand (cartas, documentos, fotografias, artigos, etc.) e o da História do MASP (documentação de mais de 50 anos de atividades do museu). Já o Arquivo Histórico-fotográfico é composto de fotografias de exposições e eventos realizados ou relacionados ao Museu desde sua criação.

Arquivo Histórico Fotográfico