MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - Assis Chateaubriand
- | A | +
Base de Dados:
Pesquisa Livre:
Registros por Página:
  Dicas Rápidas de Pesquisa


  • A pesquisa permite a busca por palavras simples ou por combinação de palavras, com a utilização de operadores booleanos (and, or e not) e de truncamento.
  • and = ESPAÇO SIMPLES entre duas palavras
  • truncamento = $ (CIFRÃO)
  • not = ^ (CIRCUNFLEXO sem espaço entre as palavras)
  • or = + (SINAL DE ADIÇÃO sem espaço entre as palavras)
  • Renoir - para recuperar registros sobre Renoir
  • Renoir escultura - para recuperar registros sobre Renoir E escultura
  • Renoir^pintura - para recuperar registros sobre Renoir que NÃO sejam relacionados a pintura
  • Renoir+Cézanne - para recuperar registros de Renoir OU de Cézanne
  • Impressionis$ - para recuperar toda palavra que tenha este radical - impressionismo, impressionista, impressionism, etc
  • Para informações mais detalhadas clique o botão AJUDA.
    Para dúvidas e sugestões envie uma mensagem para biblioteca@masp.art.br

Em novembro de 2008, a Biblioteca e Centro de Documentação do MASP deu início as atividades do Projeto Desenvolvimento e disseminação de ferramentas de apoio à documentação da arte, em parceria com o Departamento de Biblioteconomia e Documentação da Escola de Comunicações e Artes – ECA/USP (http://www.eca.usp.br), financiado pelo Programa de Pesquisa em Políticas Públicas da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo – Fapesp (http://www.fapesp.br)
.

O Programa de Políticas Públicas financia pesquisas de relevância social e busca a aproximação do sistema de ciência e tecnologia paulista com a sociedade. O Programa reúne, de um lado, institutos de pesquisa e universidades e, de outro, instituições parceiras como organismos do setor público e do terceiro setor, para o desenvolvimento de projetos com o perfil de pesquisa aplicada. Um pressuposto básico é a formação de parceria que assegure a utilização dos resultados da pesquisa na implementação de políticas públicas.

O Projeto Desenvolvimento e disseminação de ferramentas de apoio à documentação da arte tem a Escola de Comunicações e Artes – ECA/USP, em especial o Departamento de Biblioteconomia e Documentação como instituição de pesquisa e o MASP, em particular sua Biblioteca e Centro de Documentação, como instituição parceira. O principal objetivo do projeto é avaliar, aprimorar, atualizar e disponibilizar na internet ferramentas de apoio à documentação em arte especificamente o  Vocabulário Controlado de Arte e o Catálogo de Autoridades, este último dividido em duas bases de dados: entidades e artistas nacionais e estrangeiros.

Trata-se de uma pesquisa aplicada, que exige a participação de uma equipe multidisciplinar, constituída por bibliotecários, historiadores de arte, pesquisadores e bolsistas ligados às áreas de Arte e Ciência da Informação. A aplicação, com o objetivo de testar o desempenho dos descritores e a funcionalidade da base de dados, que será desenvolvida na segunda fase, consistirá na indexação de 6.000 obras do acervo de livros, catálogos de artes pertencentes ao acervo da Biblioteca e Centro de Documentação do MASP.

O Vocabulário Controlado de Arte foi desenvolvido no período de 1989 a 1991 por um grupo de bibliotecários especializados em artes, sob a coordenação da professora da ECA/USP Maria Christina Barbosa de Almeida, com o apoio do Instituto Cultural Itaú (ICI), hoje Itaú Cultural. O Vocabulário, desenvolvido para dar apoio ao projeto cooperativo que previa a implantação de uma rede automatizada de informações na área de artes em São Paulo, não chegou a ser publicado.

A Biblioteca do MASP, instituição participante do grupo, foi a primeira a utilizar sistematicamente o Vocabulário e durante anos de sua utilização, teve a preocupação de registrar na listagem todos os acréscimos e as alterações efetuadas. Além disso, deu início ao Catálogo de Autoridades composto por nomes de entidades e artistas nacionais e estrangeiros sobre os quais havia documentos na Biblioteca do MASP. O Catálogo contém nomes padronizados de entidades e de artistas e o registro das formas não adotadas desses nomes, além de informações biográficas do artista, técnicas trabalhadas por cada artista e citação das fontes de pesquisa.

O que vemos aqui é o resultado desta primeira fase de trabalho finalizada em julho de 2009, com a disponibilização na web de três bases de apoio à pesquisa:

  • THESARTE – Vocabulário Controlado de Artes Visuais
  • ARTIST – Artistas Nacionais e Estrangeiros
  • ENTIDE - Museus, galerias e instituições artísticas e culturais, nacionais e estrangeiros.

Estas bases representam a principal contribuição do projeto na área de políticas públicas, dando acesso a uma linguagem documentária como ferramenta de apoio ao trabalho de profissionais que lidam com documentação e informação artística, facilitando e ampliando seu acesso à informação tanto pelos pesquisadores e profissionais da área, quanto por educadores e público em geral.