MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - Assis Chateaubriand
- | A | +

Arte Contemporânea
Prof. Dr. Celso Favaretto, Profa. Dra. Paula Braga, Prof. Dr. Luiz Recamán e Prof. Dr. Ricardo Fabbrini.
O curso examinará algumas vertentes da arte contemporânea. Estudará a relação entre arte e vida na década de 70 (a arte underground ou contracultural); a dita volta à pintura, mediante apropriações de signos, na década de 1980; as diferentes modalidades de instalações e de arte relacional nos anos 1990; e as novas mídias (new media art) dos anos 2000.

Por fim, examinará a arte pública e a nova relação estabelecida entre arte e arquitetura a partir da noção de estetização da memória e da redefinição do sentido de cultura, nesse mesmo período. Para a compreensão dessas vertentes da arte contemporânea serão analisados textos de teóricos da arte, historiadores, críticos e artistas.

Terças-feiras, das 19h às 21h
Início das aulas: 11/10/2011
Término das aulas: 06/12/2011
Investimento: R$ 450,00 | R$ 240,00 (para estudantes, professores e aposentados)

Programa
  • Aula 1
    Celso Favaretto: anos 1970.


  • Aula 2
    Celso Favaretto: anos 1970.

  • Aula 3
    Ricardo Fabbrini: anos 1980.


  • Aula 4
    Ricardo Fabbrini: anos 1990.

  • Aula 5
    Paula Braga: anos 2000
    .

  • Aula 6
    Paula Braga: anos 2000.


  • Aula 7
    Luiz Recamán: arte pública: anos 1970-1980.


  • Aula 8
    Luiz Recamán: arte pública: anos 1970-1980.

  • Bibliografia básica:
    ARANTES, Otília B. F., "Uma Estratégia Fatal: A cultura nas novas gestões urbanas". Otília Arantes & Carlos Vainer & Ermínia Maricato, "A Cidade do Pensamento Único: desmanchando consensos", Petrópolis, Vozes, 2000.
    ARCHER, Michael, "Arte Contemporânea: uma história concisa". São Paulo: Martins Fontes, 2001.
    BATCHELOR, David, "Minimalismo". (série Movimentos da arte moderna: Tate Gallery Publishing), São Paulo: Cosac & Naify, 1999.
    BASBAUM, Ricardo (org.), "Arte Contemporânea Brasileira". Rio de Janeiro:, ContraCapa , 2001.
    BOURRIAUD, Nicolas, "Relational Aesthetics"; Paris: Lês presses du réel, 1998.
    BRAGA, Paula (org.), "Fios soltos: a arte de Hélio Oiticica", S São Paulo, Perspectiva, 2008.
    DANTO, Arthur, "Après la fin de l'art". Paris: Seuil, 1996.
    FABBRINI, Ricardo N., "A arte depois das vanguardas". São Paulo, Unicamp, 2002.
    FAVARETTO, Celso F, "A Invenção de Hélio Oiticica", São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo/Fapesp, 1998.
    "Tropicália: Alegoria, Alegria", São Paulo, Ateliê Editorial, 2ª. edição, 1996.
    FERREIRA, Glória (org.); "Crítica de Arte no Brasil: Temáticas Contemporâneas". Rio de Janeiro: Funarte, 2006.
    COTRIM, Cecília (orgs.). "Escritos de Artistas: anos 60/70", Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, 2006.
    FREIRE, Cristina, "Poéticas do Processo - Arte Conceitual no Museu", São Paulo, Iluminuras/Museu de Arte Contemporânea da USP, 1999.
    HEARTNEY, Eleanor, "Pós-Modernismo". (série Movimentos da arte moderna: Tate Gallery Publishing). São Paulo: Cosac & Naify, 2002.
    HUCHET, Stéphane; "Instalação, Alegoria, Discurso". In Revista Trilhas 6 (1), junho/dezembro, 1997.
    JUNQUEIRA, Fernanda, "Sobre o conceito de instalação". In Revista Gávea 14 (14), Rio de Janeiro, 1996.
    LUCIE-SMITH, Edward; "Art in the eighties", New York, Phaidon, 1990.
    MONTANER, Joseph Maria: "La modernidad superada: Arquitectura, arte y pensamiento del siglo XX, Barcelona: Gustavo Gilli, 1997.
    OBRIST, Hans; "Arte agora!". São Paulo: Alameda, 2006.
    POPPER, Frank, "L' art à l'âge électronique". Paris: Hazan
    RECAMÁN, Luiz. "Forma sem utopia"". In FORTY, Adrian & ANDREOLLY, Elisabetta (orgs.); Arquitetura moderna brasileira. Londres: Phaidon, 2004.
    ROSENTHAL, Mark, "Understanding Installation Art: from Duchamp to Holzer". London: Prestel, 2003.
    RUSH, Michael; "Novas mídias na arte contemporânea". São Paulo: Martins Fontes, 2006.
    "Sensation: Young british artists from the Saattchi collection" (catálogo). London, Thames & Hudson, 1999.
    WOOD, Paul, "Arte Conceitual" (série Movimentos da arte moderna: Tate Gallery Publishing). São Paulo, Cosac & Naify, 2002.
    (*) Esta bibliografia é apenas exemplificativa. No decorrer do curso haverá indicações pormenorizadas sobre o tema..

|