MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - Assis Chateaubriand
- | A | +

Vista da exposição Playgrounds de Nelson Leirner, 1969. Arquivo Biblioteca e Centro de Documentação do MASP.

ACERVO MASP
ARQUIVO NO TRIANON-MASP: PLAYGROUNDS
Período:
5.3.2015 a 31.7.2016

Em dezembro de 2015, o MASP inaugurou um novo programa para seu espaço expositivo na estação Trianon-MASP do metrô. Arquivo no Trianon-Masp substituiu Fotografia no Trianon-Masp, o programa que exibiu em 2015 obras da Coleção Pirelli MASP de Fotografia. Assinam a curadoria Adriano Pedrosa e Luiza Proença, da direção artística do MASP.




Pierre-Auguste Renoir, Rosa e azul - As meninas Cahen d'Anvers, 1881, óleo sobre tela, acervo do MASP. Bárbara Wagner, Sem título (da série Brasília Teimosa), 2005, jato de tinta, Coleção Pirelli MASP


HISTÓRIAS DA INFÂNCIA
Período:
8.4 a 31.7.2016

MASP organiza mostra sobre as múltiplas formas de representar a infância e a criança em diferentes culturas e períodos, com obras do acervo e empréstimos de outros museus. Histórias da infância propõe questionamentos acerca não só da produção artística em torno das crianças, mas também dos trabalhos realizados por elas, que são exibidos no mesmo espaço dos demais.




Carrossel de Maria Helena Chartuni no vão livre do MASP, década de 70, Biblioteca e Centro de Documentação do MASP. Foto Luiz Hossaka.


PLAYGROUNDS 2016
Período:
18.3 a 24.7.2016

Em novo projeto de arte contemporânea, o MASP dialoga com o espaço comum e o lazer no museu. Primeiro projeto da nova gestão com comissões de artistas contemporâneos para o museu, Playgrounds 2016 propõe aproximação acerca dos usos do espaço comum, do lazer, do jogo e dos modos de engajamento de seus públicos. A iniciativa conta com a parceria do SESC.




Vista da pinacoteca do MASP em dezembro de 2015, foto Eduardo Ortega

ACERVO EM TRANSFORMAÇÃO
A COLEÇÃO DO MASP DE VOLTA AOS CAVALETES DE CRISTAL DE LINA BO BARDI
Período:
A partir de 11.12.2015

A volta dos radicais cavaletes de cristal de Lina Bo Bardi à exposição do acervo apresenta uma seleção de 119 obras provenientes de diversas coleções do museu, abrangendo um arco temporal que vai do século 4 a.C. a 2008. Os cavaletes tiveram sua estreia na abertura da atual sede do museu em 1968 e foram removidos em 1996.